Vai querer comprar um lote? O BRB prepara uma carteira de R$ 1 bilhão

Foto: Renato Alves/Agência Brasília
Bartô Granja
Dois novos produtos Banco de Brasília, sinalizam novas oportunidades para clientes endividados e pessoas envolvidas em processo de regularização de lotes urbanos regularizados ou em fase de regularização. Para o primeiro caso, os ‘enforcados’ terão prazos especiais e consultoria financeira. No caso de terrenos, haverá uma carteira de 1 bilhão de reais.

O financiamento de lotes urbanos atenderá pessoas físicas e jurídicas. Para pessoas físicas, o prazo para pagamento é de até 20 anos com taxas de juros a partir de 0,85 ao mês. O percentual de financiamento pode chegar a 90% do valor do terreno em fase de regularização e 70% no caso de lotes já regularizados.

Já pessoas jurídicas têm até 120 meses de prazo para pagar o financiamento, limitado a 50% do valor do lote, com taxas de juros de 0,92 ao mês. “Os moradores de lotes em processo de regularização sofriam muito porque os bancos privados tradicionais não aceitavam os lotes como garantia do financiamento”, disse o governador Ibaneis Rocha, ao anunciar os programas.

Segundo o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, a expectativa é alcançar R$ 1 bilhão de financiamentos de lotes nos próximos quatro anos. Isso é o equivalente a cerca de 70 mil lotes financiados, o que corresponde a cerca de 30% dos lotes em condomínios residenciais.

Endividados – Ainda segundo Paulo Henrique, o programa de consultoria financeira e renegociação de dívidas é destinado prioritariamente a servidores do GDF que tenham comprometimento igual ou superior a 50% da renda mensal. São quase 9 mil pessoas nessa situação.

A ideia é oferecer taxas especiais para esses clientes renegociarem as dívidas, atendimento individualizado e proposta de soluções financeiras para cada perfil de cliente. A estratégia inclui o assessoramento do cliente por um profissional especializado por um ano.

O atendimento será feito a partir de segunda-feira (11), com horário marcado. O banco vai enviar SMS para os clientes selecionados com um agendamento. A orientação é esperar receber o SMS para depois procurar a instituição. Os atendimentos individualizados serão feitos nas agências da 509 Sul. A meta é atingir 85% dos endividados.

Notibras

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


%d blogueiros gostam disto: