SOLIDARIEDADE NO AR Aviões do Aeroclube do RS levam respiradores e EPIs para o Interior

Aeronaves decolaram na tarde desta sexta-feira Jefferson Botega / Agencia RBS

Hospitais de Santa Maria e Rio Grande receberão os equipamentos comprados com doações ao Instituto Cultural Floresta

O tempo nublado e as nuvens baixas não impediram a decolagem de dois aviões do Aeroclube do Rio Grande do Sul (Args) carregados com respiradores pulmonares e equipamentos de proteção individual (EPIs). No começo da tarde desta sexta-feira (17), o hangar às margens da pista, no bairro Belém Novo, zona sul da Capital, transformou-se em centro de distribuição de luvas, viseiras faciais e máscaras — uma ação para auxiliar no combate ao coronavírus. Os destinos são hospitais de Santa Maria, na Região Central, e de Rio Grande, no sul do Estado.  

A compra foi realizada pelo Instituto Cultural Floresta (ICF) a partir de doações para a campanha “União Pela Saúde Contra o Coronavírus”. Na ação, qualquer pessoa pode participar de um financiamento coletivo no site do instituto.

— Os respiradores foram comprados seminovos ou com defeito de fácil manutenção. Eles passaram por reparos e agora estão disponíveis para uso. Encontramos 15 respiradores disponíveis em diferentes Estados do país e conseguimos trazer para cá — explica o presidente do conselho do ICF, Claudio Goldsztein.  

Os produtos totalizaram R$ 2 milhões. Metade do valor veio das doações online e outra parte foi bancada por um grupo de 20 famílias e empresas de Santa Maria. A cidade do centro do Estado recebeu cinco respiradores pulmonares e mais de 55 mil EPIs. Parte do material será destinado ao Hospital Regional de Santa Maria. A instituição, que hoje funciona com apenas dois ambulatórios, deve contar com 50 leitos de internação a partir da semana que vem. O restante será direcionado ao Lauduz — serviço gratuito de consultas médicas por videochamada da cidade — que fará o encaminhamento para as instituições públicas que tenham falta dos insumos.   

Com apenas 22 anos, o piloto Matheus Muratore Fração foi o responsável pela viagem até Santa Maria. Os bancos traseiros do Cessna 172-S foram removidos para acomodar os pacotes com produtos. 

— É muito bom poder contribuir com o cuidado de quem está precisando neste momento — comentou o piloto.   

Em outro voo, dois respiradores e mais 35 mil EPIs foram encaminhados para Rio Grande. De acordo com o instituto, ainda não está definido em qual unidade de saúde os equipamentos serão utilizados. A Secretaria de Saúde da cidade está auxiliando no mapeamento da situação dos hospitais do município.

O aeroclube do Estado colocou cerca de 40 aeronaves à disposição para distribuir as doações. 

— É uma missão humanitária. Os sócios do aeroclube também estão disponíveis para ajudar neste momento de pandemia — comentou o presidente do Args, Hermenegildo Fração Júnior. 

O Instituto Cultural Floresta é uma instituição sem fins lucrativos formada por empresários gaúchos. O órgão ganhou destaque, em 2018 e 2019, pelas ações para a melhoria da segurança pública no Estado, como doações de equipamentos e viaturas para reforçar os agentes das forças de segurança. 

 Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: