Sem votos no Congresso, Rede ‘governa’ com ajuda de ministros do STF

Foto:Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

Partido conta com a má vontade dos ministros em relação ao presidente Bolsonaro

Partido de um único deputado, o Rede tem usado a má vontade de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em relação ao presidente Jair Bolsonaro para impor o próprio entendimento sobre quaisquer assuntos. Na Câmara, o Rede perde tudo, mas no STF ganha quase todas. Ganhou novamente na quinta (30), ao anular a medida provisória – de Bolsonaro, claro – que alterava a Lei de Acesso à Informação. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A MP anulada era razoável: protegia de sanções servidores que, sob confinamento, não atendam pedidos de informação nos prazos legais.

A Rede, partido da sumida Marina Silva, foi autor da ação contra a MP que permitia acordos de redução salarial durante a pandemia.

O ministro Ricardo Lewandowski acatou o pedido da Rede e condicionou acordos à chancela dos sindicatos. A decisão só foi revertida no plenário.

Sem líder ou deputados suficiente, a Rede só tem 5 minutos por semana para falar durante “comunicações de liderança” na Câmara. Já no STF…

D.P.

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: