Presidente da CLDF está confiante na retomada das atividades econômicas no DF

Foto: Divulgação

O Governo do Distrito Federal depende de uma decisão da Justiça Federal Cível para dar início à retomada das atividades econômicas tais como, em princípio, comerciais e industriais no Distrito Federal. O governador Ibaneis Rocha, nesta quinta-feira (7) se reunirá com a juíza titular da 3ª Vara Federal Cível do DF, Kátia Balbino de Carvalho Ferreira, e caso ela der o sinal verde, na segunda-feira (11) setores do comércio já poderão reativar suas atividades.

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente (MDB), em entrevista nesta tarde de quarta-feira (6), disse entender a preocupação da juíza federal.

Segundo ele, o que ela fez em princípio, foi bloquear uma abertura do comércio na segunda-feira (11), porém dando espaço para ouvir as estratégias do GDF, baseadas em segurança e cautela com os efeitos de modo a não prejudicar a população.

Setor instruído

Entidades representativas do comércio se comprometeram com os cuidados necessários para evitar a expansão dos casos de novo coronavírus preservando tanto a saúde dos funcionários do setor, quanto de consumidores.

Reunião técnica

Prudente afirmou estar ciente de que, nesta quinta-feira (7), haverá reunião com todas as equipes técnicas das Secretarias de Saúde e de Economia na 3ª Vara Federal Cível.

Lá estarão os técnicos do GDF, para fornecer as devidas explicações a fim de sanar todas as dúvidas da juíza, que poderá avalizar a retomada da economia.

Prudente está otimista assim como o governador Ibaneis Rocha. No entendimento do presidente da CLDF, tanto o GDF, quanto a Casa, segundo o presidente, estão realizando trabalho no sentido de enxugar o Orçamento.

Recursos 

Além disso, por parte do GDF,  há vários investimentos sobrestados por causa do momento difícil. No entanto, determinados recursos são consideráveis e serão distribuídos em diversas secretarias além da Saúde, que já teve um repasse.

No momento, observou Rafael Prudente, “o governo está com a curva controlada. Boa parte do pico, (pandêmico) é decorrente de que se está testando”.

“O governo e nós estamos muito seguros dessa reabertura do comércio. Diferentemente de outros estados, o governo tem agora, na próxima semana, disponíveis 600 leitos à disposição, caso seja necessária a utilização pela população”.

Prudente revelou que, em conversa com o governador Ibaneis Rocha e o secretário de Saúde, Francisco Araújo, apesar de notícias veiculadas na imprensa de nível próximo ao limite total de leitos de UTIs, ficou a par do motivo da ocupação.

“Se você coloca logo a pessoa na UTI, num estágio inicial dos sintomas é possível fazer a recuperação mais rápida e de minimizar qualquer tipo de complicação.

Ele contou que ouviu as justificativas e disse que o GDF agora, como há uma série de UTIs disponíveis, que estavam subutilizadas, os pacientes passaram de uma forma mais imediata a utilizar esses leitos. “Estamos com a curva estabilizada, o governo não vai fazer nenhum tipo de loucura”, reforçou o chefe do Legislativo”.

Medidas com embasamento técnico 

Conforme Prudente, todas as medidas do GDF têm respaldo técnico e planejando com a maior segurança possível.

“E sobre o impacto econômico, claro que isso vai ter. Nacionalmente, vai ter em todos os estados. Brasília também não vai ser uma ilha nisso. Brasília tem uma estimativa, num primeiro momento, em torno de R$ 2 bilhões.”

O chefe do Legislativo considerou que o GDF tem recebido alguns aportes de recursos do Governo Federal. Há ainda a votação no Congresso Nacional do “Orçamento de Guerra”.

“Com o auxílio aos estados, DF e municípios. E que, possivelmente, venha mais de R$ 1 bilhão aqui para o Distrito Federal, juntando as economias, os investimentos que foram feitos, eu creio que vamos conseguir ditar o ano aí, menos no vermelho possível. Pelo menos, essa é a nossa expectativa e esforço que a Câmara Legislativa está fazendo, aqui, para ajudar o governo, nesse caso”, concluiu Prudente.

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: