Piauí é o primeiro do país a regulamentar busca ativa com exames no combate à Covid-19

Fotos: Ccom

Em decreto assinado no dia 08 de maio, o governador Wellington Dias estabeleceu a instauração de equipes de saúde pública para realizarem a busca ativa de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. A iniciativa prevê um trabalho conjunto entre Estado e municípios, utilizando-se das equipes do Projeto Saúde da Família no trabalho de campo. Desta forma, o Piauí se tornou o primeiro estado da Federação a implementar esta nova modalidade de monitoramento da doença, já prevista e recomendada anteriormente pelo Comitê Científico do Nordeste.

O rastreamento de pessoas possivelmente contaminadas pelo novo coronavírus prevê a aplicação de testes para a Covid-19, afim de identificar pacientes positivados; cadastro de pacientes contaminados no banco de dados da plataforma Monitora Covid-19; acompanhamento de pacientes contaminados pelas equipes de saúde que constituirão o projeto de busca ativa.
Cada território de desenvolvimento conta com pelo menos uma equipe para mapeamento. A construção de cada uma acontece por meio de um termo de cooperação técnica firmada entre Estado e prefeituras. O funcionamento das equipes segue o protocolo estabelecido no termo de cooperação, que, além do quadro de pessoal, define os procedimentos a serem executados no curso do trabalho.

A implementação desta nova modalidade de monitoramento complementa o trabalho já realizado através do aplicativo Monitora Covid, ferramenta de apoio ao combate à pandemia no Piauí, através do qual a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) realiza o acompanhamento da situação de pessoas que estão com sintomas da doença, com identificação dos sintomas suspeitos, orientação para atendimento médico e indicação do posto de atendimento mais próximo.

Da Ccom

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: