Novo Gama zera crimes de Feminicídio

Foto:Divulgação

Por: Karina Portilho Bueno

O Novo Gama, durante anos, foi manchete de jornais pela violência que assolava o município. Mas isso é coisa do passado, pelo menos no quesito feminicídio. Segundo os dados da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, a cidade conseguiu extinguir esse tipo de crime no primeiro semestre deste ano.

O município que tem uma mulher à frente do Executivo conseguiu o êxito fortalecendo o empoderamento feminino nas comunidades onde há mais vulnerabilidade social e, por consequência, as mulheres, mães, esposas e filhas dependem quase que totalmente da figura masculina da família e passa pelo ciclo de violência e não conseguem sair.

O trabalho executado tem sido eficiente na forma de amparar as vítimas. As mulheres que procuram ajuda sentem abraçadas numa rede de apoio, ou seja, o primeiro contato é feito na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, onde a vítima é recebida por mulheres que fazem o primeiro acolhimento dando suporte jurídico e andamento nas medidas protetivas. O segundo passo é o encaminhamento à Secretaria de Defesa da Mulher e Diversidade Social onde recebem o amparo jurídico, psicológico e social fortalecendo a autoestima da mulher.

Foto: Divulgação

Para finalizar a rede de apoio a vítima é aconselhada a se profissionalizar para que possa sair da dependência financeira da figura masculina. Essa ajuda é realizada por meio dos cursos oferecidos pela Secretaria de Assistência Social que reserva uma porcentagem das vagas para essas mulheres.

Segundo a prefeita do município, Sônia Chaves, o trabalho é essencial para que as mulheres se sintam encorajadas e suficientes empoderadas. “É importante mostrar para essas mulheres que, muitas vezes, sofremos com discriminação apenas pelo fato de sermos do sexo feminino. Por isso, essa rede do amor e da proteção é fundamental para que as vítimas tenham amparo em todos os níveis e consigam se livrar do ciclo violento evitando o feminicídio”, finalizou a prefeita.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


%d blogueiros gostam disto: