Justiça quer metroviário de volta ao trabalho

Foto: José Cruz/Agência Brasil
André Richter
A Justiça do Trabalho do Distrito Federal determinou nesta terça (16) que os metroviários voltem ao trabalho a partir de 0h da quinta-feira (18). Os funcionários do Metrô-DF estão em greve há 76 dias.

A medida foi determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) ao julgar o dissídio coletivo da categoria. Durante o processo, não houve acordo entre os grevistas e a direção do Metrô.

Na decisão, os desembargadores reconheceram que a greve não foi abusiva e que os dias em que houve paralisação não devem ser descontados dos salários dos trabalhadores.

Os funcionários do metrô estão em greve por tempo indeterminado. O sindicato da categoria pede a manutenção do acordo coletivo, pagamento de retroativos e o reconhecimento da jornada de trabalho dos pilotos, que já é aplicada desde 2010, segundo os trabalhadores.

Durante a paralisação, o metrô está funcionando com frota de trens reduzida. Por determinação da Justiça Trabalhista, 80% dos vagões devem circular nos horários de pico e 30%, nos demais horários.

Notibras

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


%d blogueiros gostam disto: