Infectado, Bolsonaro fez o que tem pregado há meses: tomou cloroquina

Foto:Reuters

Com febre de 38 graus e prostração, o presidente aguarda o resutado do segundo teste.

Diante dos primeiros sinais de que poderia ter contraído coronavírus, nesta segunda-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro passou a tomar imediatamente o remédio cloroquina, como sempre defendeu. Ele iniciou a medicação antes de o primeiro exame apresentar resultado positivo. Os médicos da Presidência da República resolveram levar Bolsonaro ao Hospital das Forças Armadas (HFA) tão logo verificaram os sintomas. A informação é do jornalista Cláudio Humberto, colunista do Diário do Poder.

O serviço médico do Planalto aferiu a temperatura do Bolsonaro e, constatados 38 graus, ele foi levado ao HFA.

Como nos exames anteriores, Bolsonaro utilizou nome fictício como identificação, muito embora dados como RG fossem verdadeiros.

De volta ao Alvorada, o presidente disse a apoiadores que estava bem e que a “chapa” do pulmão deu normal: oxigenação de 96%.

Apesar do estado geral satisfatório do presidente, ele precisa se cuidar: aos 67 anos, como idoso, faz parte do grupo de risco

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: