Governo inicia entrega de alevinos a piscicultores piauienses

A expectativa da SAF é de entregar 1,5 milhão de alevinos até o final do ano.

Por  Edna Maciel

Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), iniciou, nesta quarta-feira (4), o calendário de entrega de alevinos para piscicultores piauienses. A cerimônia que marcou o começo dos trabalhos em 2020 foi realizada na estação de piscicultura Francisca Trindade, no município de Nazária. Participaram da entrega, o secretário da Agricultura Familiar, Hérbert Buenos Aires; o diretor de Fomento à Piscicultura da SAF, Luciano Brito, o representante da Rede Parlamentar de Agricultura, deputado estadual Francisco Limma; o prefeito da cidade de Nazária, Osvaldo Bonfim, autoridades locais e representantes de associações de piscicultura.

Fotos: Ccom

Segundo o Hérbert Buenos Aires, nesta primeira fase, foram distribuídos 140 mil alevinos da espécie tambatinga, contemplando aproximadamente 70 famílias. “Este é um importante programa do governo do estado, inclusive, citado pelo governador Wellington Dias na prestação de contas à sociedade piauiense, durante abertura dos trabalhos na Alepi (Assembleia Legislativa). Temos que nos comprometer, num futuro próximo, a ampliar e melhorar esta atividade que faz a diferença para o piscicultor e a piscicultora do Piauí. Nossa expectativa para este ano é de uma produção de um milhão e 500 mil de alevinos, afim de buscar atender a demanda de agricultores familiares”, declarou.

Na ocasião, o presidente da Associação de Piscicultores do Município de Nazária, Elias Vitor da Cruz, entregou o pedido oficial de alevinos para a SAF para repovoamento dos tanques, documento assinado pelo secretário Hérbert Buenos Aires.

Segundo o diretor Luciano Brito, os 140 mil alevinos de tambatinga seguirão para os municípios de Capitão de Campos, Várzea Grande, União, Arraial, Esperantina, São João do Arraial, Lagoa Alegre e Conceição do Canindé. “De janeiro até abril, será produzida e entregue a espécie tambatinga, híbrido do tambaqui com a pirapitinga, com estimativa de um total de um milhão e 200 mil de alevinos. O restante da produção será de tilápia, a partir do mês de junho, quando voltaremos a reproduzir, seguindo o calendário, até o final de 2020″, esclareceu.

https://www.pi.gov.br/

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: