CORONAVÍRUS Google lança fundo emergencial para jornalismo

Foto:DR

A empresa destaca que o programa é voltado aos veículos com cobertura regional e local

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Google lançou na madrugada desta quarta-feira (15) o Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo, parte de sua resposta aos efeitos do coronavírus na mídia, com a redução generalizada de publicidade.

Em post assinado por Richard Gingras, vice-presidente de notícias, a empresa destaca que o programa é voltado aos veículos com cobertura regional e local, considerada mais ameaçada.

“O objetivo é oferecer apoio a milhares de pequenos e médios veículos de todo o mundo, bem como a empresas que cobrem o noticiário local”, escreve o executivo, sem divulgar o total de recursos a ser investido.O financiamento será realizado durante a crise atual, com valores que “irão de alguns milhares de dólares para Redações pequenas a dezenas de milhares para organizações de maior porte”.

“A indústria de notícias está enfrentando cortes de pessoal, férias coletivas e redução de custos, resultantes da desaceleração econômica imposta pela Covid-19”, afirma Gingras. “Temos a responsabilidade de fazer o que estiver ao nosso alcance para aliviar a pressão financeira imposta às Redações.”

O Google informa que veículos de imprensa de qualquer lugar podem preencher o formulação de inscrição, que termina no dia 30 de abril, às 3h59 (Brasília).

Os veículos interessados em receber recursos do Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo podem se inscrever neste link até às 23h59 do próximo dia 29 de abril. Os candidatos elegíveis devem ter uma presença digital e estar em operação há pelo menos 12 meses. O fundo é direcionado a redações que empregam entre 2 a 100 jornalistas em tempo integral, mas os editores locais com mais de uma centena de jornalistas contratados podem se candidatar – nesses casos, o Google analisará a possibilidade de repassar valores, com base principalmente em diferentes necessidades, países e regiões. Veja aqui mais detalhes sobre o fundo.

N.M.

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: