Clínica abandonada em Planaltina é isolada

Fotos: Assessoria

Conhecido como Buraco do Inferno, local era ponto de consumo e venda de drogas. Ação foi pedido do deputado Claudio Abrantes ao administrador interino Célio Rodrigues

Um prédio abandonado em Planaltina, na Avenida Independência, onde funcionava uma antiga clínica, foi fechado nesta quinta-feira (4/6) pela Administração Regional da cidade. O local era habitualmente frequentado por usuários e traficantes de drogas, além de já ter sido cenário de diversos crimes violentos.
Conhecido como Buraco do Inferno, o prédio fica no Setor Tradicional, bem perto de importantes pontos da cidade, como lojas, agências bancárias e postos de autarquias. O local levava insegurança para moradores locais e transeuntes, principalmente aqueles que embarcam ou desembarcam nos ônibus na parada em frente à antiga clínica.

“Em nome da segurança da cidade, sugerimos à Administração que fizesse essa interdição. E, agora, vemos essa medida ser efetivada, levando tranquilidade ao cidadão, que poderá voltar a andar nas proximidades do imóvel sem se preocupar com os riscos que essa antiga estrutura representava”, comentou o deputado distrital Claudio Abrantes (PDT).
O prédio teve todas as suas entradas isoladas com alvenaria. Também foram instaladas barreiras de arame farpado, para evitar a entrada de pessoas.

“Como morador e agora como gestor, vejo o quanto o prédio abandonado causa transtornos e insegurança para a comunidade”, disse Célio Rodrigues, administrador regional interino de Planaltina. “A pedido do deputado Claudio Abrantes, fizemos contato com a Vigilância Ambiental e tomamos as providências legais para impedir o fluxo de pessoas no prédio, fechando o local com tijolos”, completou.

A pedido do administrador, empresários da cidade doaram material de construção. O trabalho foi realizado pela equipe de obras da Administração Regional. A PMDF prestou apoio à ação. Apenas um homem dormia no interior da edificação, e saiu sem que houvesse transtornos.
Em dezembro de 2018, a PCDF encontrou o corpo de uma mulher no fosso do elevador do prédio. Em fevereiro deste ano, um homem de 37 anos foi assassinado a golpes de tijolos arrancados das paredes do prédio.

Deputado Distrital Claudio Abrantes (PDT)
Líder do Governo na Câmara Legislativa do Distrito Federal

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: