Bolsonaro admite que atos viram problema

Foto:Divulgação

Bartô Granja, Edição

As manifestações de rua contra o governo começam a preocupar o presidente da República. Na manhã desta segunda, 8, Jair Bolsonaro admitiu que esses atos são o maior problema do momento.

Na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse a apoiadores que “estão começando a colocar as mangas de fora”, numa referência aos últimos atos. Ele prometeu, porém, que irá arrumando “as coisas devagar”.

“Como eu peguei esse País? Vocês têm razão no que pleiteiam e no que falam. Eu peguei um câncer em tudo o que é lugar. Um médico não pode de uma hora para outra resolver esse problema todo. O grande problema do momento é isso que vocês estão vendo aí, um pouco na rua ontem, (eles) estão começando a colocar as mangas de fora”, disse.

Bolsonaro afirmou que existe “muito interesse” no País e, por isso, na visão dele, há uma “doutrinação em cima do Brasil, uma massificação, cada vez mais formando militantes”. “Eu vou indicar o primeiro ministro do STF agora em novembro. O primeiro. A gente vai arrumando as coisas devagar aqui”, declarou na sequência, em referência ao fato de que o decano da Corte, Celso de Mello, vai se aposentar.

Please follow and like us:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será divulgado


*


error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Facebook
Twitter
Instagram
%d blogueiros gostam disto: